As nossas vantagens


Técnicos de Elevada qualificação e experiência em obra/Manutenção.

Especialistas em tratamento de águas industriais complexas.

Gestão integral do ciclo da água, reduzindo, recuperando e reutilizando água em vários processos industriais.

Conduta franca e verdadeira com os nossos Clientes e Parceiros, sempre com o foco na resolução de problemas.
A Lei nº52/2018, estabelece a obrigatoriedade das empresas que possuem equipamentos suscetíveis ao aparecimento da bactéria Legionella, tais como: AQS (Circuitos de Águas Quentes Sanitárias), Rede de Rega e Incêndio, UTAs, Torres de Arrefecimento, a adotar um plano de monitorização e controlo, de forma a prevenir o aparecimento desta bactéria.

Os nossos serviços

A sistemas inseridos em espaços de acesso e utilização pública que utilizem água para fins terapêuticos ou recreativos e que possam gerar aerossóis de água (ex. piscinas climatizadas e jacúzis, nebulizadores);

Obrigações: 
Plano de Prevenção e Controlo
Procedimento em situação de risco
Equipamentos de transferência de calor associados a sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado (AVAC) ou a unidades de tratamento do ar (UTAs ou UTANs) desde que possam gerar aerossóis de água, nomeadamente em:  (exemplos opção 01, 02 e 04) 
i. Torres de arrefecimento; 
ii. Condensadores evaporativos; 
iii. Sistemas de arrefecimento de água de processo industrial; 
iv. Sistemas de arrefecimento de cogeração; 
v. Humidificadores.

Obrigações: 
Registo
Plano de Prevenção e Controlo
Auditorias
Procedimento em situação de risco
A redes prediais de água, designadamente água quente sanitária (AQS); (exemplo opção 03)

Obrigações: 
Programa de Manutenção e limpeza
Registo das ações efetuadas
A sistemas de rega ou de arrefecimento por aspersão, fontes ornamentais ou outros geradores de aerossóis de água com temperatura entre 20 °C e 45 °C.

Obrigações: 
Programa de Manutenção e limpeza
Registo das ações efetuadas

Principais clientes

Fale connosco

Subscreva a nossa newsletter